Atendimento ao público

De 2ª a 6ª feira
das 8h00 às 13:30h
(exceto em feriados)


 Serviços exclusivos com

Agendamento Eletrônico
Passaporte, Procuração (atestados de vida e de nacionalidade) e
Legalização
(Certificado / Autorização de viagem / Legalização de documentos / Reconhecimento de assinatura de cidadão brasileiro)


Serviços sem agendamento, mas com número de senhas limitado/ Servicios sin cita previa, pero con numero limitado de turnos 


Registros de nascimento, casamento e óbito - 10 Senhas


Vistos/Visados - 15 senhas


Títulos eleitor, CPF, Alistamento Militar


O NÚMERO DE SENHAS PODE SER ALTERADO QUANDO NECESSÁRIO, SEM AVISO PRÉVIO.
A última senha manual será dada às 11h30 para residente a mais de 200 km de distância.

Entre os dias 26/06/2012 e 24/09/012,

o horário de entrega de documentos prontos será feita,

excepcionalmente, das

14h às 15h.

PORTA "C"

 

acessoinfo

 

Pesquisa

Passaporte

PROCEDIMENTO

Antes de comparecer ao Consulado-Geral é absolutamente indispensável que:

O preenchimento no Consulado-Geral poderá acarretar demora excessiva.

Depois do preenchimento integral do formulário, será obtido um número (protocolo) que deve ser impresso e apresentado na recepçao do Consulado-Geral, juntamente com todos os demais documentos exigidos para obtenção do documento.

 

Clique aqui para aceder ao formulário “on-line”, de caráter obrigatório, antes de apresentar-se no balcão de atendimento*.

Caso encontre dificuldades para acessar ao formulário, queira, por gentileza, consultar o guia passo a passo.

Observações gerais

Todo brasileiro(a) detentor(a) de outra(s) nacionalidade(s) deverá obrigatoriamente apresentar seu passaporte brasileiro para ingressar e sair do território nacional, salvo no caso de acordos/tratados e outros atos internacionais que permitam o uso de outro documento, como a carteira de identidade.

Passaporte é documento de identificação para realizar viagem internacional, de propriedade da União, cabendo aos seus titulares apenas a posse e o uso regular. Não pode ser objeto de retenção por nenhuma autoridade estrangeira e nem pode ser usado para qualquer outra finalidade que viagem internacional.

A concessão de passaporte (documento de viagem) está condicionada ao prévio registro de nascimento em cartório brasileiro ou em Repartição consular brasileira, uma vez que este é o documento que comprova a nacionalidade. O registro de nascimento consular pode ser realizado a qualquer tempo, independentemente da idade do registrando.

 conc


 Todo passaporte vencido pode ser substituído por outro, cuja validade será de cinco anos, se pedido pessoalmente, ou de três anos, se pedido por via postal.

 

adultospng

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
- Quando pedido pessoalmente ou pedido por via postal

1. Protocolo de envio de formulário preenchido "on line", obtido no website: https://scedv.serpro.gov.br

O formulário preenchido “on-line” sai do sistema dentro de um mês; se vier ao Consulado-Geral após um mês do preenchimento, deverá preencher novo formulário. Caso encontre dificuldades em acessar o link, clique aqui.

2. Original e cópias (das páginas 1 a 3) do passaporte anterior (válido ou não)

3. Original ou cópia autenticada da Certidão de Nascimento brasileira,

-se casado(a),

Certidão de Casamento brasileira, onde deverá constar a mudança (ou não) do nome dos nubentes;

-caso divorciado(a),

Certidão de Casamento, onde deve constar a averbação da sentença de divórcio e onome adotado após o divórcio se for o caso

4. caso não disponha da certidão de nascimento, poderá enviar cópia da Carteira de Identidade brasileira (RG).

As carteiras funcionais de entidades de classe só poderão ser aceitas se contiverem o número da carteira de identidade civil (RG), com data de emissão e órgão expedidor; foto; nome completo do titular; filiação; data e local do nascimento.
    ou

Certificado brasileiro de naturalização

Note bem:Além da carteira de identidade(RG)  expedida por Secretaria de Segurança Pública de qualquer Estado da Federação ou Distrito Federal, a legislação em vigor permite que a prova de identidade e de naturalidade seja efetuada por meio da apresentação também de:

carteira expedida por órgão público, que seja reconhecida, por lei federal, como documento de identidade válido em todo território brasileiro;
carteira nacional de habilitação expedida pelo DETRAN, com fotografia ou
documento de identidade expedido por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei ou
carteira de matrícula consular,

É necessário que quaisquer dos documentos acima mencionados tenha fotografia do interessado e sua filiação completa.

 

5. Para brasileiros entre 18 e 45 anos de idade, original e cópia do documento militar (CAM/ Reservista) ou pedido de segunda via feito no Consulado-Geral

6. Cópia da carteira da matricula consular ou inscrição. Veja aqui informações de como fazer a Matricula Consular.

7. Certidão de Quitação Eleitoral e cópia sem a qual no passaporte novo constará observação sobre a necessidade de regularização perante a Justiça Eleitoral, dentro de trinta dias da entrada no Brasil.

O eleitor que, tendo perdido seus comprovantes de votação e/ou justificativas, quer provar que está em dia com a justiça eleitoral pode obter uma certidão de quitação eleitoral, mediante consulta à página do Tribunal Superior Eleitoral .

8. Uma fotografia 3x4 cm recente, segundo as especificações abaixo. ATENÇÃO: não são aceitas fotos feitas por computador.

ESPECIFICAÇÕES DA FOTOGRAFIA:

  • A fotografia deve ser tirada de frente, contra fundo branco.
  • O rosto e os ombros devem estar completamente enquadrados pela câmera e o requerente deve olhar diretamente a câmera.
  • Não pode haver reflexos, penumbras ou sombras em nenhuma parte da fotografia.
  • O comprimento do queixo à testa deve estar entre 31 e 36mm.
  • O requerente deve apresentar fisionomia neutra.
  • Os olhos devem estar abertos e visíveis.
  • Caso use óculos, as lentes não podem refletir a luz ambiente ou da câmera. De maneira alguma podem ser utilizados óculos escuros ou óculos de armações grossas ou muito chamativas.
  • Não serão permitidos quaisquer itens de chapelaria, exceto os utilizados por motivos religiosos, que, ainda assim, não podem impedir a visualização perfeita do rosto do requerente.
  • Crianças não podem aparecer com laços, chupetas, brinquedos ou mãos de pessoas segurando-as.
  • A foto pode ser feita em qualquer cabine automática. Neste caso, siga as instruções contidas na cabine.

9. Pagamento da taxa consular de:

80 euros- substuição normal

160 euros- casos de furto, extravio ou destruição do passaporte anterior

Observação: Caso deseje, o cidadão maior de idade poderá solicitar a inclusão do nome de seus pais no passaporte novo.

 
 meno

menores de 12 anos

É dispensável a presença de menores de 12 anos no Consulado-Geral para obtenção de passaporte.

Caso solicitado em pessoa, o pai ou mãe brasileira deverá identificar-se com COM CÉDULA DE IDENTIDADE ORIGINAL BRASILEIRA OU PASSAPORTE VÁLIDO.

SE AMBOS os pais FOREM BRASILEIROS, OS DOCUMENTOS de ambos SERÃO TAMBÉM BRASILEIROS.

Caso de um dos pais não possa comparecer para efetuar o pedido, sua assinatura no protocolo de pedido de passaporte deverá obrigatoriamente ser autenticada em um notário espanhol.

Note bem:

A concessão de passaporte a menor de dezoito anos, tutelado ou curatelado, será condicionada à autorização de ambos os pais, do detentor do poder familiar, do responsável legal, do tutor, do curador ou do juiz competente.

Destarte, os pais do(a) menor deverão preencher e anexar ao protocolo de requerimento de passaporte (assinado por ambos os pais, mas sem firma reconhecida) a Autorização para Passaporte de Menor, no qual as assinaturas de ambos os genitores serão obrigatoriamente reconhecidas por notário, a menos que o documento seja assinado no Consulado Geral, na presença do Agente consular

MENOR E GENITORES RESIDENTES NO EXTERIOR

Nos casos em que o menor e seus genitores forem residentes no exterior, notadamente nos casos em que o menor também tenha a nacionalidade do país de residência, a autorização faltante do segundo genitor poderá ser suprida pela apresentação de autorização judicial para emissão de passaporte, emitida por juiz brasileiro ou estrangeiro.

Caso o requerente não disponha da referida autorização, deverá solicitá-la junto à autoridade judicial do país de residência do menor, em consonância com do Art. 3º da

"Convenção sobre os Aspectos Civis do Sequestro Internacional de Crianças", promulgada pelo Decreto nº 3.413/00 (mesmo que o país de residência não seja parte da referida convenção).

AMBOS OS GENITORES SÃO BRASILEIROS E UM DELES ENCONTRA-SE EM PARADEIRO DESCONHECIDO

Quando ambos os genitores forem brasileiros e o genitor requerente, que seja portador de termo judicial de guarda do menor, declarar que o outro genitor encontra-se em paradeiro desconhecido, o assunto poderá ser submetido à Autoridade Consular.

Para exame do pedido de passaporte, o requerente deverá apresentar o termo judicial de guarda e assinar declaração, sob as penas da lei, de que o outro genitor encontra-se em paradeiro desconhecido.

Caso a Autoridade Consular julgue não haver elementos suficientes que lhe permitam adotar uma solução, o requerente deverá solicitar, no Brasil, o suprimento judicial da autorização. Para tanto, deverá ser aconselhado a contatar defensor público, seguindo os procedimentos da "Cartilha de Orientação Jurídica aos Brasileiros no Exterior" ou a contratar, no Brasil, advogado habilitado.

Excepcionalmente, a autorização emitida por juiz do país de residência habitual do menor também poderá ser aceita.

Nos casos em que o genitor brasileiro requerente seja desvalido, a Autoridade Consular poderá conceder ARB para o menor brasileiro que não tenha a nacionalidade do país de residência habitual, bem como a seu genitor, sem a necessidade de apresentação de termo judicial de guarda.

RESPONSÁVEL LEGAL, QUE NÃO SEJA UM DOS GENITORES, NOMEADO POR AUTORIDADE JUDICIAL BRASILEIRA

Poderá ser concedido passaporte a menor, sem a necessidade de autorização judicial, cujo requerente comprove ser o seu "guardião por prazo indeterminado" (anteriormente nominado "guardião definitivo") ou o seu tutor. Nesse caso, o guardião ou o tutor, que não poderá ser um dos genitores, deverá ter sido judicialmente nomeado em termo de compromisso (art. 7º da Resolução nº 131 do CNJ).

SITUAÇÃO DE GRAVE RISCO À INTEGRIDADE FÍSICA OU PSICOLÓGICA DO MENOR OU GENITOR BRASILEIRO

Caracterizada situação de grave risco à integridade física e/ou psicológica do menor e/ou do genitor brasileiro requerente, a Autoridade consular poderá consultar o Ministério das Relações Exteriores sobre a possibilidade de autorização excepcional para a concessão de passaporte.

AUSÊNCIA DE QUALQUER RESPONSÁVEL LEGAL

Na ausência de qualquer responsável legal pelo menor, a Autoridade consular deverá consultar o Ministério das Relações Exteriores sobre a possibilidade de autorização excepcional para concessão de passaporte.

Se os pais não puderem comparecer, consulte pedidos por via postal.

maiores de 12 anos

É obrigatório o comparecimento dos maiores de 12 anos ao Consulado-Geral para coleta de dados biométricos.

Caso o maior de 12 anos não possa comparecer para coleta das impressões digitais, o documento de viagem será emitido com prazo de validade de 3 (três) anos, na forma da legislação em vigor.

ATENÇÃO

O menor, a partir dos 12 anos, deverá estar acompanhado de ambos os pais, que deverão identificar-se com cédula de identidade original brasileira ou passaporte válido. se ambos forem brasileiros, os documentos serão, também brasileiros.
Os pais deverão, ainda, assinar o requerimento de solicitação de documento de viagem (obtido no momento do preenchimento do formulário “on-line”, perante o atendente do consulado geral e apresentar a documentação requerida, à exceção dos itens 3 e 4.
 
Os passaportes só podem ser requeridos e retirados pelos pais brasileiros do menor, salvo quando ambos os genitores forem estrangeiros.
 
A certidão original brasileira da criança adotada deverá conter os nomes completos dos genitores que adotaram, cópia da sentença judicial de adoção feita no brasil e, se houver mudança de nome, prova judicial da mudança.

Na falta de documentos originais, poderão ser aceitas fotocópias autenticadas por cartórios brasileiros.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MENORES E MAIORES DE 12 ANOS
(OS ORIGINAIS DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS PODERÃO, SE NECESSÁRIO, SER SUBSTITUÍDOS POR FOTOCÓPIAS AUTENTICADAS RECENTES)

1. Original e cópia da Certidão de Nascimento brasileira ou Registro Consular de Nascimento
2. Quando não se trate de primeira concessão, original e cópia (das páginas 1 a 4 )do passaporte anterior
3. Uma fotografia 3x4 recente, segundo as especificações abaixo. ATENÇÃO: não são aceitas fotos feitas por computador


ESPECIFICAÇÕES DA FOTOGRAFIA:

A fotografia deve ser tirada de frente, contra fundo branco.
O rosto e os ombros devem estar completamente enquadrados pela câmera e o requerente deve olhar diretamente a câmera.
Não pode haver reflexos, penumbras ou sombras em nenhuma parte da fotografia.
O comprimento do queixo à testa deve estar entre 31 e 36mm.
O requerente deve apresentar fisionomia neutra.
Os olhos devem estar abertos e visíveis.
Caso use óculos, as lentes não podem refletir a luz ambiente ou da câmera. De maneira alguma podem ser utilizados óculos escuros ou óculos de armações grossas ou muito chamativas.
Não serão permitidos quaisquer itens de chapelaria, exceto os utilizados por motivos religiosos, que, ainda assim, não podem impedir a visualização perfeita do rosto do requerente.
Crianças não podem aparecer com laços, chupetas, brinquedos ou mãos de pessoas segurando-as.


4. Protocolo de envio do formulário preenchido "on line", obtido no website: https://scedv.serpro.gov.br

5. Pagamento da taxa consular de €80 euros. (Nos casos de furto, extravio ou destruição do passaporte anterior o interessado deverá pagar €160 euros).

6. SE UM DOS PAIS, POR MOTIVO GRAVE A SER ANALISADO PELA AUTORIDADE CONSULAR, ESTIVER IMPOSSIBILITADO DE COMPARECER AO CONSULADO-GERAL NO CASO DE MAIORES DE 12 ANOS, DEVERÁ SER SUBMETIDO À APRECIAÇÃO:
se o genitor estiver na Espanha: preenchimento do formulário de autorização de passaporte para menor, autorizando expressamente o Consulado-Geral a expedir o documento de viagem, acompanhada de fotocópia das três primeiras páginas do passaporte ou da cédula de identidade válidos do genitor ausente, com assinaturas idênticas e autenticadas por notário.

se o genitor ausente estiver no Brasil ou outro país: autorização ou procuração pública lavrada em cartório no Brasil, além de cópia autenticada da cédula de identidade apresentada para feitura do documento e com assinaturas idênticas.

se o genitor estiver em local incerto e não sabido no Brasil ou qualquer outro lugar ou se recusar a assinar o requerimento de pedido de passaporte: autorização judicial brasileira ou espanhola, independente da nacionalidade do genitor.
 
CASO O MENOR, INDEPENDENTE DA IDADE, ESTEJA NO BRASIL E PRECISE DE AUTORIZAÇÃO PARA OBTER OUTRO PASSAPORTE, O GENITOR BRASILEIRO QUE ESTIVER NA ESPANHA PODERÁ AUTORIZAR A EMISSÃO DO PASSAPORTE PARA O MENOR, BASTANDO PREENCHER, À MÁQUINA OU COM LETRA DE FORMA LEGÍVEL, A AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DE PASSAPORTE E FAZER RECONHECER SUA ASSINATURA POR UM NOTÁRIO  OU PELO CONSULADO-GERAL.

NO CASO DE GENITOR ESTRANGEIRO NÃO PORTADOR DE CÉDULA DE IDENTIDADE RNE, SUA ASSINATURA SERÁ RECONHECIDA POR NOTÁRIO OU PELO CONSULADO GERAL.


7.. Os passaportes para menores de 12 anos terão os seguintes prazos de validade:
crianças entre 0 e 1 ano:   1 ano de validade
entre 1 e 2 anos:  2 anos
entre 2 e 3 anos:  3 anos
entre 3 e 4 anos:  4 anos
acima de 4 anos:  5 anos
 

N.B.: O menor que viaja desacompanhado ou apenas com um dos pais somente poderá entrar no Brasil com uma autorização de viagem feita pelo genitor que não viaja ou por ambos se viajar sozinho ou na companhia de terceiros.

 

a) na presença da Autoridade consular:

Formulário de autorização de viagem de menor acompanhado por um dos pais
Formulário de autorização de viagem de menor acompanhado por terceiro
Formulário de autorização de viagem de menor desacompanhado

 

b) sem ser na presença da Autoridade consular:

Formulário de autorização de viagem de menor acompanhado
Formulário de autorização de viagem de menor desacompanhado

 

Os meses de janeiro, junho, julho e dezembro são os mais movimentados para o Setor de Passaportes.

Programe-se e solicite seu passaporte com antecedência para que possa estar pronto na época desejada. Inexiste serviço de emergência ou urgências.

 

pedidoregpass

Assinalo que o passaporte somente poderá ser expedido se o registro de nascimento for lavrado. O passaporte não poderá ser emitido se o registro, por erro ou omissão de documentos, não tiver sido feito.

O registro de nascimento só poderá ser feito pessoalmente.

perda
É dever do titular comunicar imediatamente, ao Consulado Geral a ocorrência de perda, extravio, furto, roubo, adulteração, inutilização, destruição total ou parcial do passaporte, bem como de sua recuperação, quando for o caso.

Em qualquer dos casos enumerados no item acima deverão ser apresentados os mesmos documentos constantes do item Concessão/substituição de passaportes, conforme o caso (adulto ou menor),  no valor de 160 euros.

É obrigatória também a apresentação de::

Original e cópia da ocorrência policial emitida pela Polícia local, quando o passaporte anterior não puder ser apresentado.
Preenchimento do formulário de perda/roubo ou extravio de documento de viagem.
Passaporte danificado, quando for o caso.

NO CASO DE PERDA, DANIFICAÇÃO, ROUBO OU EXTRAVIO O PEDIDO DO NOVO PASSAPORTE NÃO PODE SER FEITO POR TERCEIROS NEM PROCESSADO PELO CORREIO

O prazo de validade do novo passaporte poderá ser reduzido, a critério da autoridade consular.

Nos casos de reincidência de extravio/perda, a concessão de passaporte novo fica condicionada à autorização expressa do Ministério das Relações Exteriores e do Departamento de Polícia Federal, Caso não seja autorizado, será concedida ARB (Autorização de Retorno ao Brasil).

 

arb

O Consulado-Geral poderá expedir documento de viagem gratuito ao nacional brasileiro que necessite regressar com urgência ao Brasil e que não possa apresentar a documentação exigida para obtenção de passaporte.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

  • original e fotocópia das páginas 1 a 3 do passaporte vencido ou da Carteira de Identidade. Caso não seja possível, poderá ser apresentada, certidão de nascimento ou casamento, acompanhada de documento brasileiro de identidade com foto, emitido por órgão público brasileiro ou de classe
  • uma fotografia 3x4
  • original e fotocópia do bilhete aéreo
  • uma via do formulário de perda/roubo ou extravio de documento de viagem, devidamente preenchido e assinado

ATENÇÃO: A Autorização de Retorno ao Brasil - ARB permite a seu titular apenas uma viagem para Brasil. No momento da entrada em território nacional, a Polícia Federal recolhe a ARB e, além disso, poderá exigir a apresentação de outro documento de identidade.

A validade da ARB é restrita ao período suficiente para a viagem (7 dias). O interessado deverá comparecer obrigatoriamente ao Consulado-Geral o quanto antes, na semana da viagem, uma vez que a ARB é expedida no ato.

IMPORTANTE: Os atendimentos para emissão de ARB serão realizados APENAS entre 12h e 13h30, por ordem de chegada.

pedido

No caso de passaporte para menores de 18 anos, nascido no Brasil ou no exterior, filho de pai ou mãe brasileiros, é obrigatório que o protocolo impresso do requerimento de pedido de passaporte seja assinado por ambos os pais e tenha ambas as assinaturas reconhecidas por um notário do local onde residem por autenticidade (Atesto que a(s) assinatura(s) acima foi/foram apostas na minha presença").

Caso um dos genitores se recuse ou não possa assinar, proceder como informa o item 6, acima.

NOTE BEM

Os pedidos por correio devem ser acompanhados de postal express. Caso o envelope não tenha sido fornecido o pedido NÃO SERÁ processado e será devolvido por correio simples, sem que o Consulado Geral assuma qualquer responsabilidade pelo extravio de qualquer documento.

PARA PROCESSAMENTO DO PEDIDO POR VIA POSTAL É NECESSÁRIO

  • Cópia autenticada da certidão de nascimento e/ou casamento brasileira.
  • Cópia de um documento brasileiro com foto.
  • Original e cópia do passaporte, dos documentos indicados acima e protocolo de envio do formulário preenchido "on line", assinado, obtido no website: https://scedv.serpro.gov.br

Consulte Tramitação por correio

Atenção

No caso de o passaporte haver sido apreendido pela polícia local, em decorrência de a pessoa encontrar-se em situação irregular ou ser objeto de expulsão, deverá ser enviado ao Consulado-Geral uma cópia autenticada do termo de retirada do passaporte, junto com a cópia da página 2 do passaporte apreendido, carimbada pela polícia, .

 

Recorda-se que o envio pelo correio do documento novo, acompanhado do antigo, implica na sua ativação imediata, no momento em que sair do Consulado-Geral. Caso haja algum erro ou omissão, o interessado deverá pagar pela emissão de passaporte novo.

SOMENTE SERÃO PROCESSADAS SOLICITAÇÕES ACOMPANHADAS DA DOCUMENTAÇÃO COMPLETA.

O CONSULADO-GERAL NÃO ACEITARÁ DOCUMENTAÇÃO PARCIAL E A DOCUMENTAÇÃO INCOMPLETA, ENVIADA POR CORREIO, SERÁ DEVOLVIDA.

NA IMPOSSIBILIDADE DE REUNIR A DOCUMENTAÇÃO COMPLETA, PODERÁ SER CONCEDIDA UMA AUTORIZAÇÃO DE RETORNO AO BRASIL-ARB

PASSAPORTE SOLICITADO PELO CORREIO TERÁ A VALIDADE DE ATÉ 3 (TRÊS) ANOS, IMPRORROGÁVEIS.

Assinala-se que quaisquer outros tipos de envelopes não serão aceitos pelo Consulado-Geral, obrigando o interessado a:

  • comparecer à Repartição consular para retirar o passaporte;
  • enviar envelope solicitado, de modo a receber o passaporte por via postal.

Enfatiza-se que o Consulado Geral não assume qualquer responsabilidade por documentos extraviados/ perdidos ou em atraso pelo serviço postal.

TODOS OS PAGAMENTOS SÃO DEFINITIVOS, SEM NENHUMA POSSIBILIDADE DE REEMBOLSO.

 

Retirada de passaporte

 

Para que o Consulado-Geral possa entregar o passaporte novo, é INDISPENSÁVEL a apresentação do anterior, de modo a que ele possa ser cancelado.

Nenhum cidadão brasileiro poderá deter dois documentos de viagem válidos, ao mesmo tempo.

O passaporte deverá ser retirado pelo interessado.

Caso não possa comparecer ao Consulado no momento da retirada do passaporte, deverá deixar ENVELOPE POSTAL EXPRESS devidamente preenchido no momento da apresentação da solicitação do documento ou solicitar a 3º que o faça (deverá apresentar o comprovante com firma reconhecida em notário).

O passaporte só é válido depois da assinatura do titular no campo"assinatura do titular", na página 3 da caderneta de passaporte ou, na sua impossibilidade, a aposição impressão digital do titular, com tinta preta.

No caso de crianças iletradas será aposto o carimbo "Incapacitado para assinar", não podendo os pais assinar em nome do menor.

Somente serão recolhidas as impressões digitais dos maiores de 12 anos.

Serão cancelados os passaportes perdidos, danificados, roubados e furtados, ainda que posteriormente recuperados e entregues ao Consulado-Geral

PASSAPORTES NÃO RETIRADOS NO PRAZO DE 120 DIAS SERÃO CANCELADOS.

pagamento


prazo

Consulte a tabela prazo de entrega.